Pedras no caminho

No mês em que completei um semestre de jornada, fui presenteada com um lugar que me fez sentir um pouco em casa: clima quente, praias paradisíacas, montanhas imponentes, por do sol digno de aplausos e brisa refrescante. Depois de um verão inteiro na Escandinávia, com temperaturas típicas do inverno carioca, eu merecia esse mimo. Desembarquei Continue lendo >>

Seis meses voando

Há exatos seis meses eu embarcava no aeroporto internacional do Rio de Janeiro para um voo transformador. Renunciei a zona de conforto da cidade natal para voar como estrangeira. Escolhi viver um longo período longe da minha família, dos meus amigos, do meu lugar e comida preferidos, da minha língua materna, costumes e identidade para voar comigo Continue lendo >>

Inspirando novos programas de voluntários na Dinamarca

No último trimestre, devido às longas férias escolares do verão europeu, concentrei as minhas energias no trabalho voluntário em comunidades sustentáveis. Já escrevi sobre os aprendizados adquiridos em Portugal, na Suécia e na Dinamarca. A minha última experiência, ainda na Dinamarca, foi na comunidade Andelssamfundet em Hjortshøj. Continue lendo >>

Construção natural na Dinamarca

A ecovila Friland recebe frequentemente grupos de turistas interessados em conhecer a diversidade de construções naturais da comunidade. No primeiro post sobre a Dinamarca, eu ressaltei a minha paixão pelos telhados. E não é que o universo me levou para a casa de mais uma mulher experiente em bioconstrução?! Ela ajudou o ex-marido a construir Continue lendo >>

Falando de amor

O coração aperta e fica do tamanho de um grão de areia só de pensar nas pessoas que amo. Pequenino e apertado, ele acelera e bate forte enquanto um nó na garganta se forma. Deitada e encolhida na posição fetal, fecho os olhos e sinto este amor materializando-se em lágrimas e sorrisos simultâneos. São lembranças, palavras, experiências, Continue lendo >>

Quem mandou não estudar?!

Esta frase passou pela minha cabeça algumas vezes enquanto eu executava minhas primeiras atividades voluntárias na Dinamarca. Famosa no Brasil, essa sentença é comum em conversas informais entre pessoas insatisfeitas com sua profissão, por executarem serviços braçais, cansativos e que exigem, em sua grande maioria, força e repetição. Nas minhas Continue lendo >>

Lições aprendidas na Suécia

Hoje encerro a minha temporada no maior país em extensão territorial da Escandinávia, e aproveito para compartilhar algumas lições aprendidas em quase dois meses de estadia por aqui. Foi a minha maior permanência em um local desde que iniciei a viagem. A Suécia é um belíssimo país, de gente bonita e natureza exuberante. Um lugar desenvolvido, Continue lendo >>

Conferência de Ecovilas da Europa 2017

A primeira vez que ouvi falar no termo ecovila foi há quase três anos, em um evento promovido pela equipe da Pedagogia da Cooperação na Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro, com a facilitação da Taisa Mattos (co-fundadora da ecovila de Terra Una/MG). Lembro-me exatamente do brilho que a sua apresentação provocou em meus olhos. A minha Continue lendo >>

Economia colaborativa

As minhas últimas semanas foram tão intensas que eu me isolei em Estocolmo para tentar absorver toda conexão e aprendizado adquirido durante a Conferência de Ecovilas da Europa. Ainda estou em processo de reflexão e não estou totalmente pronta para compartilhar minhas mais profundas experiências. No entanto, existe um tema que está vivo Continue lendo >>

Aprendi brincando

Amanhã, encerro mais uma temporada de trabalho voluntário. Graças à amiga paulista Andrea da Silva, pude vivenciar a rotina de duas instituições durante as férias escolares de verão da Suécia. A primeira foi o Rapatac, onde a responsável Evelyn me recebeu com sorrisos largos e muita boa vontade. Uma ONG que tem como objetivo fazer a ponte Continue lendo >>

Saudades de casa

Ainda não escureceu, apesar de passar da meia noite. A lua quase cheia me convida para continuar acordada apreciando o seu brilho da janela do quarto. Acabei de falar com o meu irmão, sobrinha e cunhada. Eles se preparam para a próxima festa “junina” da família. Mostraram os enfeites com alegria. Vejo pela primeira vez o novo filhote do Continue lendo >>

O poder da cooperação

Compartilho o meu primeiro texto no site Brasileiras pelo Mundo, onde falo do poder da cooperação. Ele foi escrito em junho, quando eu ainda estava em Sintra/Portugal. Brasileiras Pelo Mundo, ou BPM como também é conhecido, é uma plataforma colaborativa que já conta com mais de 130 colunistas espalhadas pelos cinco continentes. É uma excelente Continue lendo >>

Escritório ao ar livre

Sempre sonhei em trabalhar ao ar livre, mas nunca imaginei que este local pudesse ser na Escandinávia, uma região extremamente fria, onde o rigoroso inverno dura seis meses em média. Estou em Gävle, na Suécia. É verão por aqui. O dia está lindo! O vento ainda é gelado, faz 14° agora pela manhã. Eu, carioca, sinto um pouco de frio mesmo Continue lendo >>

Amando a nova rotina

A última vez que escrevi por aqui ainda estava em Portugal atuando como voluntária em uma ecovila em Sintra, onde integrei uma equipe multinacional com representantes da Dinamarca, Portugal, Espanha, Suécia e Coréia do Sul. Quantas diferenças e semelhanças compartilhadas... lições para a vida! De Sintra, fui para o aeroporto de Faro (no sul Continue lendo >>

Ervas daninhas

É noite de lua cheia. Da minha barraca, na Ecoaldeia de Janas, tenho uma vista privilegiada: o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena e a lua. Todos brilhantemente iluminados. Alguns vagalumes também aparecem para enriquecer o cenário. Lá fora, diferentes sons. Os mais fáceis de identificar são os dos sapos e o do vento. No meu mini colchão Continue lendo >>

Celebrando os triunfos e desafios de dois meses de jornada

Meu primeiro grande desafio foi descobrir a minha essência e missão. Em seguida, como transformar esta descoberta em realidade, onde, quando, para quem, com quem? O primeiro grande triunfo foi tomar consciência do que a Alexandra Solnado compartilha em seu Livro de Luz: A missão é todos os dias. O que é que isso quer dizer? A busca começa Continue lendo >>

Amor de mãe

Amor de mãe é vida, afeto, expansão e contração É dádiva, medo, descoberta e evolução Sou filha, neta, tia, mas também sou mãe Mãe de um anjo que se foi ao terceiro mês de gestação Um anjo que, em tão pouco tempo, me ensinou o que é vida O que é o verdadeiro afeto Que me fez expandir de tanta felicidade E me contrair Continue lendo >>

Aprimorando a arte de voar

Chovia e ventava muito em Lisboa. Tive uma noite agitada com bombardeios de pensamentos e incertezas sobre as pendências que preciso resolver junto às embaixadas. Barreiras, fronteiras. Paralelo a isso, a TAP e o Google Agenda me lembravam a todo momento que eu precisava fazer check-in para voltar ao Rio hoje. Pois é! Tinha uma passagem de volta Continue lendo >>

Meu trabalho é minha obra

Faz diferença gostar do que se faz? O filósofo, escritor e educador Mario Sergio Cortella, em entrevista à revista Época Negócios, faz uma distinção entre trabalho e emprego: “Emprego é fonte de renda e trabalho é fonte de vida. Meu trabalho é minha obra. A noção grega de obra é poiesis. De onde vem poesia, que é o que você elabora. Continue lendo >>

A energia das crianças

Desde o início de abril, coincidência ou não – período do meu aniversário, venho sendo nutrida/presenteada com a energia das crianças que convivi nas escolas que tenho visitado. Hoje, meditando, me veio o desejo de escrever sobre o que tenho recebido destes mestres infantis. A primeira lição é que eles estão sempre no agora, vivem Continue lendo >>